Pesquisar este blog

sexta-feira, 13 de maio de 2016

As rosas... Poemas MIL






















As rosas

As rosas vivem
o seu tempo de encantar,
mesmo mortas,
continuam a perfumar...

Pétalas secas
nas  páginas dos livros,
revelam os carinhos,
lembranças tão ternas
dos amores, dos amigos,
daqueles que nos amaram...

Pétalas e rosas,
vivas ou mortas,
lembranças eternas
em nós a perfumar!

Maria Iraci Leal/MIL
POA/RS/Brasil
27/07/2014

Obra protegida

quinta-feira, 12 de maio de 2016

JÁ FOMOS... Poemas MIL


JÁ FOMOS...

Já fomos rios que desaguavam
lado a lado, juntos navegavam
e corriam para o mesmo mar.
Já fomos a canção espalhada
que vibrava... Como vibrava...
Lindamente soava e encantava!

Já fomos o riso e a gargalhada
em noites claras do nosso amor.
Mas o inverno matou-nos as flores,
apagou nossos  passos e contornos,
deixou a boca salivando vinagre,
o peito com tamanha dor!

Mas recortei com cuidado a tua imagem,
antes que o frio também a matasse.
Delicadamente guardei num canto da alma,
para quando de ti sentisse saudade!

Já fomos rios que desaguavam para o mesmo mar,
todavia os cursos mudam e os rios se afastam,
mas o tempo e nem a distância separam,
aqueles que um dia se amaram!

Maria Iraci Leal/MIL
POA/RS/Brasil
08/08/2013
Reeditado em 12/05/2016
Obra protegida