Pesquisar este blog

sábado, 3 de maio de 2014

COMO FAZER PARA ESQUECER VOCE

COMO ESQUECER TEUS ABRAÇOS QUE FAÇO DA LEMBRANÇA DA ENXURRADA DE BEIJOS  QUE VOCÊ ME DAVA .. SE VEJO RAIO DE SOL PENETRANDO  O MAR ; LEMBRO  DE VOCÊ  SE ABRINDO PRA ME RECEBER  , SE SINTO O BALANÇO  DAS ONDAS
LEMBRO  NOSSOS CORPOS ENTRELAÇADOS   BALANÇANDO   NO AR  COMO NADA TIVESSE A NOS AMPARAR    SE VEJO  A ESPUMA BRANCA  DE UMA CACHOEIRA CAINDO  DAS ALTURAS  LEMBRO TUAS VESTES BRANCAS  SENDO TIRADA E ATIRADA PARA O ALTO
COMO SE NUNCA MAIS  FOSSE SER USADAS
SE OUÇO O CANTO LINDO DE UM PASSARO   LEMBRO  VOCÊ  FALANDO COISAS LINDAS    EM   MEUS OUVIDOS  QUE SAINDO DE SUA BOCA   SOAVA  COM UMA
ORAÇÃO
COMO FAÇO PRA ESQUECER   TODAS AS DIABRURAS   QUE  FIZEMOS EM NOSSO BARQUINHO ..  BARQUINHO  QUE DE TANTO AMOR PARECIA QUE NÃO NAVEGAVA
VOAVA  COMO UMA GAIVOTA  SOBRE O MAR   E AGORA  VEJO AO LONGE UM BARQUINHO  A BALANÇAR   PARECE  QUE VEJO   EM LUGAR  DE UMA VELA  UM LENCINHO BRANCO   ACENAR   NUM DERRADEIRO ADEUS

                 C O M O  E S Q U C E R




3 comentários:

  1. Amado amigo MANECO, as lembranças de um amor, ainda é amor... as lembranças da dor, não são mais dor... o barquinho, o sol, a agua, o reflexo na agua... tudo traz lembranças do amor... belíssimo poema... PARABÉNS!!! grande beijo de VC...

    ResponderExcluir
  2. Querido amigo e poeta Manoel, que amor lindo, foste abençoado... Que as lembranças não tragam dor apenas o reviver dos momentos tão lindos, belíssimo poema, grande beijo MIL.

    ResponderExcluir
  3. MAIS UMA VEZ OBRIGADO VOCÊS NEM SABEM COMO AS ADMIRO ADIRO SÓ NÃO AMO VOCÊS BJS MUITOS

    ResponderExcluir