Pesquisar este blog

terça-feira, 22 de abril de 2014

A semente


Lembranças em minha mente vem no silêncio da noite

Na escuridão do céu, vejo as estrelas brilhantes

Uma doce melodia vindo de um violão de nylon

Alegrando meu coração, acabando com a minha dor



Eu conheço uma linda criança

Que me dava tanta esperança

Ela era tão madura, porém eu a protegia

Queria cuida-la com todo meu coração



Mergulho no lago dos teus olhos

Que ontem estavam calorosos

Como as águas de março

E hoje estão gélidos

Como um lago congelado numa terra nórdica



Ouvir-me, compreender-me, algo que poucos fazem

Segurar a minha mão quando estou prestes a cair

Há tantas maravilhas que você me fez...



Como eu queria poder almejar seus sonhos

E mostrar que não há necessidade de ter medo

Tocar seu coração e remover todo o gelo que nele está

Como eu queria poder retribuir tudo que você fez



Tantos anos passaram

E hoje a criança tornou-se adulta e eu ainda a protejo

Como eu queria poder te transformar em criança de novo

Assim o medo não existiria mais



Você é a minha semente, aquela que dá frutos

Frutos que ninguém pode comprar

Ou roubar, só conquistar

São frutos do amor e da amizade



Eu conquistei o fruto da amizade

Que iluminou meus olhos castanhos

Para ver toda a beleza no jardim

Que um dia eu não podia ver.

Raquel Bruço

Um comentário:

  1. Minha querida menina Raquel!!! o fruto do amor e da amizade, a gente conquista sim... e só aos que conquistam, os céus ensinam a cultivar... só assim, darão frutos, só assim, continuarão gerando novas sementes sempre... proteja sempre, a criança que mora aí dentro de vc e creia, que pra sempre ela te protegerá... PARABÉNS pelo belíssimo trabalho... amei... venha mais, venha sempre... grande beijo de VC...

    ResponderExcluir