Pesquisar este blog

domingo, 15 de dezembro de 2013

A LUZ DE VELAS







Meia luz, meia sombra,
Sobre os lençóis,
Linho 300 fios, vinho branco,
Copos e corpos suados,
Imaginação, latente,
Morangos, chocolates,
Velas, em aroma de mel,
Mãos molhadas das taças,
No erótico branco vértice,
Olhos que se fecham tensos
E se abrem tesos...
Imagens e sugestões,
Corpos que se enlaçam e enroscam,
Mãos que interessadas se tocam,
Procuram e encontram,
Sensações e sentimentos,
Noite a fora, a luz de velas...

Vera Celms
Licença Creative Commons
A LUZ DE VELAS de Vera Celms está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

2 comentários:

  1. Maninha Vera, como sempre um poetar mágico que faz viajar, romantismo e sedução a luz de velas... Parabéns querida por mais esta beleza de poesia, grande beijo da Manamiloka...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, MANINHA MIL... gosto desse teu olhar... grande beijo de VC

      Excluir