Pesquisar este blog

terça-feira, 19 de novembro de 2013

SONETO DA ESPERANÇA (ÀS FILIPINAS)





Soneto da esperança
(Ás Filipinas)

Assim como a fé na crença dadivosa
fortalece o homem em suas certezas,
no silêncio da su’  alma rica em beleza,
a prece exalta a esperança bondosa!

E na luz de suas mãos caridosas,
recolhidas ao centro do peito,
ora pelo mundo quase que perfeito,
por tempos melhores, de mais bondade!

Transforme-se a tragédia dos eventos,
em atos de amor e solidariedade,
ajuda e esperança aos necessitados!

Eis que o amor afagará lamentos,
dando asas á fraternidade,
diminuindo  os sofrimentos!

Maria Iraci Leal/MIL
POA/RS/Brasil
19/11/2013

Obra protegida

2 comentários:

  1. Belo e valoroso soneto... Parabéns e abraços sonetados...

    ResponderExcluir
  2. Muito grata querido poeta Antonio Cícero, grande beijo, MIL.

    ResponderExcluir