Pesquisar este blog

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

CAUTELOSA





É chegada a hora
Olhar com olhos de verdade,
ou de promessa
Sentir o que é real
Sofrer com o horror
Fugir daquele que te faz mal
A sombra é ruim, só pra quem tem frio
E o acostamento pode ser lugar seguro
Ou fugimos do incerto,
Ou nos escondemos do suspeito
Pode ser monótona,
mas, tão segura é a mansidão,
O estampido pode vir de qualquer lugar,
Melhor estar aqui
Distante das mentiras, das enganações,
No escuro, todo gato, parece pardo
E pode ser filhote feroz de uma fera
Cautela, é proteção,
ou só preservação, mas ajuda...

Vera Celms
Licença Creative Commons
O trabalho CAUTELOSA de Vera Celms foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Nenhum comentário:

Postar um comentário