Pesquisar este blog

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

RETORNOS (Indrisos)




Ainda que nada se cale a tua saudade,
Do amor e beleza que mal não falem...
Venho de dentro expor paixão aberta.

Olhos consentindo os nossos instantes,
Meu corpo é teu tormento sacrificado;
Bocas beijadas naquele dia, momentos...

Existi antes por ti e me reencontrei aqui,

Nós dois em retorno, aqui nos amamos!



Eduardo Eugênio Batista (Setedados)

2 comentários:

  1. Amores que temos, passam e voltam, sempre nutrindo nossos corações. Belo indriso, querido Eduardo. Beijos de VC

    ResponderExcluir
  2. EDUARDO, QUE PRAZER E ALEGRIA A TUA PRESENÇA EM NOSSO CANTINHO, COMO SEMPRE ESCREVENDO BELÍSSIMAS OBRAS, PARABÉNS, GRANDE BEIJO, MIL.

    ResponderExcluir