Pesquisar este blog

sábado, 28 de setembro de 2013

JÁ FOMOS...







Imagem Google

JÁ FOMOS... 

Já fomos rios que desaguavam 
lado a lado, juntos navegavam 
e corriam para o mesmo mar.
Já fomos a canção espalhada 
que vibrava... Como vibrava. 
Lindamente soava e encantava! 

Já fomos o riso e a gargalhada 
em noites claras do nosso amor. 
Mas o inverno matou-nos as flores, 
apagou nossos passos, deixou dores, 
apagou nossos cheiros e contornos. 
A boca salivando o gosto de vinagre, 
o peito com tamanha dor que arde! 

Mas eu recortei com cuidado a tua imagem, 
antes que o frio cruel também a matasse. 
Delicadamente guardei num canto da alma, 
para quando de ti sentisse a saudade! 

Já fomos rios que desaguavam, 
navegavam juntos para o mesmo mar. 
Os cursos mudam e os rios se afastam, 
mas o tempo e nem a distância separam, 
aqueles que um dia se amaram! 

Maria Iraci Leal/MIL 
POA/RS/Brasil 
08/08/2013 
Obra protegida

2 comentários:

  1. poema lindo como sempre as palavras sai da alma;;;;; porem meu modo de pensar é outro
    aguas que se misturam não se separa mais .. portanto não sera só lembranças um dia essas aguas moveram o mesmo moinho bjs no seu coração te adoro

    ResponderExcluir
  2. Querida MANINHA MIL... que maravilha isso!!! histórias (aguas) que se unem, correndo lado a lado, aguas que se misturam e se dividem, sem perdem o curso, ainda que sejam outras as direções... é a vida de todos nos, de todos os amores... cabe-nos recortar delicadamente a figura e colar do lado direito do peito... sempre... mil beijos de VC

    ResponderExcluir