Pesquisar este blog

segunda-feira, 17 de junho de 2013

LEMBRANÇAS



No seu murmurar acolhedor
Parece entender minnha dor
Vejo o mar tão deslumbrante
Suas ondas indo e vindo
Ao longe um barco sumindo
Lembro de alguem que  distante
.............................................
Esse alguem que lembro sou eu
Que no tempo do apogeu
Era a rainha e dona da festa
Mas acabou a realeza
Tempo levou minha beleza
Vejam agora o que resta
..................................
Meu vestido maltrapilho
Meus olhos opacos sem brilho
E o que resta no momento
Só tenho o mar como amigo
Suas areias é meu abrigo
Suas aguas meu alento
......................................
O mar me traz a lembrança
Dos amores de criança
Que o tempo fez esquecer
Só me resta pedir a Deus
Que perdoe os erros meus
E no mar me deixe morrer
 ................. FIM...........

MANOEL CORREA
Licença Creative Commons
LEMBRANÇAS de Manoel Correa é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.


3 comentários:

  1. SEUS VERSOS TOCAM! POETA MANOEL VC ESCREVE COM O CORAÇÃO, ADOREI, PARABÉNS, BJS MIL.

    ResponderExcluir
  2. Querido Manoel, as fases da vida de uma mulher, que com o tempo passado, olha pra trás e vê, beleza, momentos bonitos, e de repente, se consola em terminar seus dias simples, no lugar que gosta... junto ao mar... sonhos passados... belo poema, beijos de VC

    ResponderExcluir
  3. ME ENCANTEI COM ESSE POEMA..ME FEZ RELEMBRAR SONHOS E DESEJOS DO PASSADO.

    ResponderExcluir