Pesquisar este blog

terça-feira, 25 de junho de 2013

FALSA ALEGRIA


................................................
Vejo a plateia lotada
Vejo a cortina se abrindo
Sinto meu peito chorando
E minha boca sorrindo
......................................
Ser palhaço é fazer rir
E o que o destino quer
Não tenho alegria de outrora
Por causa de uma mulher
.......................................
Essa mulher que eu falo
Era do circo a rainha
Com outro foi embora
E não pode ser minha
.................................
 Quando abrem as cortinas
Meu coração se fecha triste
Tenho que rir  e fazer rir
Com uma alegria que não existe
........................................
Quando termina o espetáculo
Agradeço a plateia sorrindo
Volto ao camarim chorando
Aos pouco me consumindo
.....................................
Não esqueço essa mulher
Ja nem sei o que faço
S alguem me ver chorando
 Não ria da dor desse palhaço
......................................

MANOEL









Nenhum comentário:

Postar um comentário