Pesquisar este blog

domingo, 16 de dezembro de 2012

LAGRIMAS EVAPORADAS





As lágrimas, chorei todas,
Desaguei, apagando as trilhas,
As digitais e as marcas de amor
Consumi-me só
Como recomendam os médicos
Como orientam os gurús
Como aconselharia minha avó
E foi na cama, lugar bem quente
Não deixei ninguém ver,
Ninguém comentou,
Ninguém chorou comigo
Nem riu-se de mim
Agora que o tempo passou
E minhas lágrimas, evaporou
Já posso sair faceira,
Em busca de outros olhares
De outros rostos e mãos
Posso reinventar caminhos
Saídas, entradas e percursos
Posso afinal bater a porta,
Sacudir a poeira
E dar a volta por cima (de você)
Porque chorar, não choro mais...

Vera Celms
Licença Creative Commons
O trabalho LAGRIMAS EVAPORADAS de Vera Celms foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

2 comentários:

  1. DE REPENTE TUDO PASSA E SE DÁ A VOLTA POR CIMA...
    PARABÉNS MANINHA VERA, MIL BJS.

    ResponderExcluir
  2. Damos a volta por cima, damos a volta completa e seguimos nosso caminho apesar de tudo, ou de nada... sempre em frente... beijos de VC, MANAMIL...

    ResponderExcluir