Pesquisar este blog

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

não sei escrever poemas de amor



I

as palavras se recolhem aos ditos de amor
refugiam-se ou me confundem entre poemas
as páginas se preenchem de suspiros e risos
e ao tentar dizer do amor que sinto, calam.

Karinne Santiago

6 comentários:

  1. Karinne, adorei teu poema, parabéns amiga, bjs MIL.

    ResponderExcluir
  2. Se não sabes escrever poemas de amor, quem saberá? poeta na essência, na sombra e carne... talvez não consiga falar de um amor, daquele amor, mas o amor sabe muito bem falar de ti... beijos minha filhota KARINNE SANTIAGO... beijos de VC

    ResponderExcluir
  3. Não sabes escrever?... Parabéns, cara e sábia poetisa... Belo e fascinante poeta... És a pura essência da poesia... Abraços...

    ResponderExcluir
  4. Mayrah, obrigada...um abraço, querida!!!

    ResponderExcluir
  5. Mãezinha, realmente, acho que tem razão diante dos últimos acontecimentos...risos...TE AMO!!!

    ResponderExcluir
  6. Querido Antonio, obrigada pela gentileza e carinho.

    Um abraço especial!!!

    ResponderExcluir