Pesquisar este blog

terça-feira, 23 de outubro de 2012

TIREI AS SANDÁLIAS/ POEMAS MIL.


TIREI AS SANDÁLIAS   

Tirei minhas sandálias prateadas 
Joguei fora todos os adereços, os excessos 
Arranquei as muitas peles, as cascas 
Aquilo que impedia de ser eu mesma 
Segui liberta, de pés livres e descalços 
Caminhando por sobre a natureza 
Saboreando no calor das areias quentes 
A simplicidade da vida em si mesmo! 
Deixei de lado muitos pensamentos 
Abracei tudo e todos sem diferenças 
Sem sandálias, sem máscaras e descalça 
Segui de coração aberto, segui co’a alma!     

Maria Iraci Leal/MIL 
POA/RS/Brasil
22/10/2012 Obra protegida

Nenhum comentário:

Postar um comentário