Pesquisar este blog

terça-feira, 16 de outubro de 2012

TÃO SEU MEU

TÃO SEU  MEU by amigos do poeta
TÃO SEU MEU, a photo by amigos do poeta on Flickr.
TÃO SEU MEU
E tudo aconteceu
tão docemente
frente a ti ali
tirei meus véus
me despi.
Rompi tratados
soltei meus medos.
Nesse tão seu
meu eu
não resisti
me entreguei.
Carne tremula
quando pensa
em você
ANDRE RUIZ

Um comentário:

  1. Carnes trêmulas traduzem visceralidade, deliciosa sensação de pele, de carne, de paixão esfomeada... adorei... beijos de VC, ANDRÉ

    ResponderExcluir