Pesquisar este blog

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

O menino cinza


Hoje está chovendo…
E ele, o menino triste,
sabe das águas que caem...
Aprendeu há tempos, o menino,
que a chuva traz dor.

E ele, o menino triste,
sabe muito sobre a dor...
Aprendeu há tempos, o menino,
que a alma também sangra

Hoje está chovendo,
E sabe ele, o tal menino,
que a chuva traz o frio,
e de frio, muito sabe, o menino...
Aprendeu há tempos, porquanto,
que o Sol foi, não mais do que um sonho bom.

Hoje está chovendo,
E ele, aquele menino...
Junto com queda torrente dás águas do céu,
assim bem de mansinho, fez também chover...
De seus olhos, até o chão...salgadas lágrimas,
que brotavam de lugar distante, que fez, o menino...
Sentir bater, seu sofrido coração...

E Ele, o menino, de outrora recordou,
que um dia já amou,
e com esperanca, lembrou
de um homem do céu, que tudo criou,
e tão alto, ele gritou,...
... e a chuva, de súbito parou.

Mas logo, o silencio em resposta soprou,
e sentiu, o menino, um pingo de chuva,
e já sem forças, baixinho...
já molhado da chuva, sussurou,
Deus pai, tu me abandonou...

Hugo Roberto Bher.
#O Poeta do Escuro








Um comentário:

  1. Hugo, querido menino, já estava com tanta saudade de você e da sua poesia!!! que bom ver você por aqui!!!
    Menino triste, fica triste não, pois a chuva e o frio existem para lembrar-nos do poder do sol e da luz... Ele não abandonou o menino triste, ele apenas está observando calado e se manifestará no momento oportuno... Mil beijos de VC, VOLTE SEMPRE... VOLTE MAIS...

    ResponderExcluir