Pesquisar este blog

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

REPINTANDO O MUNDO... POEMAS MIL.




REPINTANDO O MUNDO...

Vezes foram que a morte agrediu a cor
O lenço negro da guerra desbotou o mundo
E bombas, muitas bombas foram lançadas
Matando o colorido da vida em segundos!

Quantas nações já choraram os seus mortos
Envoltos entre as cinzas, no meio das brumas
Sem a benção  da luz do sol, do arco-íris
A saúde violada pela fumaça maldita!

Povos destituídos da aquarela da vida
Que sofreram, mas continuaram a luta
Não permitiram morrer seu sonho e o tom
Não se permitiram o viver sem brilho!

Muitos se foram, mas outros ficaram
Repintando a tela borrada de negro
Tingindo a pintura em outras nesgas!

Pintando na cor da coragem e da labuta
Na união que conduz á esperança
Dos tratados de Paz e das alianças!

Maria Iraci Leal/MIL
POA/RS/Brasil
02/09/2012
Obra protegida



Nenhum comentário:

Postar um comentário