Pesquisar este blog

domingo, 2 de setembro de 2012

O SHOW DA EXISTÊNCIA/ POEMA MIL.























O SHOW DA EXISTÊNCIA  

Subir neste grande tablado 
Interpretar em todos os atos 
Já é um ato de muita coragem 
Há que levar-se uma mala 
Carregada de acessórios e personagens 
A plateia não perdoa te espera lá fora 
Não há como fugir de cena... 
Não sei se hoje fará sol ou tempestade 
e como subirei neste palco 
Saberei ao romper da aurora 
Ao primeiro toque do clarim 
Se vestirei armadura ou brandirei espada 
Se usarei a fantasia do mascarado, do Zorro 
Ou se vestirei a Princesa Encantada 
Levando uma braçada de rosas... 
Enfim abrem-se as portas de um novo dia 
Há que subir neste palco 
Caminhar em cima do tablado 
E interpretar a grande arte da vida 
O show da existência! 

Maria Iraci Leal/MIL 
POA/RS/Brasil 
28/08/2012 
Obra protegida
Menção honrosa no concurso "Destaques EPA"

Um comentário:

  1. Nunca sabemos ao certo qual será o personagem que puxará a nossa existência. O mascarado, a princesa... o protetor ou o protegido, o amparado ou o ameaçado... o guerreiro ou o açoitado... bem colocado palco da vida... adorei... beijos de VC, MANINHA MIL...

    ResponderExcluir