Pesquisar este blog

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

SO by amigos do poeta
SO, a photo by amigos do poeta on Flickr.

Solidão eco
da saudades
a reverberar na pele
ainda tenho em mim
alguns dos
teus arrepios.
E nesse meu
caminhar solitário
vejo a tua ausência
encher as ruas
Nunca foi tão tarde
ser depois
Depois de tudo
depois do amor
depois de nos dois
Nesse só me resta
um eu e nada mais
Estou só!!!!
ANDRE RUIZ

Um comentário:

  1. Nada doi mais que o vazio que enche as ruas, os espaços todos, os ouvidos e olhos... depois de conhecido o amor...
    Caminhar junto, dentro de alguem, requer tempo... e que seja eterno... ou doerá demais... Beijos de VC, André...

    ResponderExcluir