Pesquisar este blog

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

QUANDO

QUANDO by amigos do poeta
QUANDO, a photo by amigos do poeta on Flickr.
QUANDO

E quando eu puder estar dentro de ti
sentir teu gosto colado no meu desejo
a seiva da fêmea em flor.
Descarada carne que te quer
escancarada alma que te ama
vem com esse fogo
essa chama que me chama,
incendeia
mais não queima.
Nada quero alem de amar
nada mais alem do amor
eterno em nos
E quando estiver dentro de ti !!!!!!

ANDRE RUIZ

Nenhum comentário:

Postar um comentário