Pesquisar este blog

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

NOITE DE INSONIA

NOITE DE INSONIA by amigos do poeta
NOITE DE INSONIA, a photo by amigos do poeta on Flickr.
NOITE DE INSÓNIA
Enumerando solidões
noites preenchidas
de memórias.
Insónia e essa saudades
a velar minha cabeceira.
Por um momento
te vi chegar
sombras nas soleiras
Distâncias esquecidas
sei que tu não estas
nem vens.
Haverá um tempo
para amar eu sei
sim um outro tempo!!!!!
Aqui onde anoitecem as
minhas memórias!!!!
ANDRE RUIZ

Um comentário:

  1. A certeza de que um dia tudo será palpavel, de que tudo será de verdade, realizado... ver sombras, vultos amados soltos pelo quarto, pela fantasia, povoando o desejo... beijos de VC, André...

    ResponderExcluir