Pesquisar este blog

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

ETERNO GOSTO

ETERNO GOSTO by amigos do poeta
ETERNO GOSTO, a photo by amigos do poeta on Flickr.
ETERNO GOSTO
Destinos que cruzaram
em uma estação deserta
de nome solidão
As palavras que trago
em minhas veias
poesias de sangue
que misturamos
frases do amor
que nos fizemos.
Repousa agora aqui
junto à voz.
A tua ternura a qual
me fez provar
o gosto da eternidade
ANDRE RUIZ

Um comentário:

  1. Há amores que deixam o gosto marcado pela eternidade... nas lembranças, na voz, no gosto, na poesia... beijos de VC, ANDRÉ

    ResponderExcluir