Pesquisar este blog

domingo, 1 de julho de 2012

FELIZ (IDADE)



Mais uma vez bebemoro sozinha
Tomo entre as mãos sôfregas
Duas taças, trêmulas
Cheias de bebida tinta
Não sei se vinho ou sangue
Se lágrimas de saudade
ou lamento de solidão
As taças nunca se esvaziam
Bato-as no ar, em tilintar
Menção de brinde,
Mencionando teu nome
Desejo-te feliz(idade)
e sigo só...
Bebo da tua e da minha
Saudade que nunca esfria

Vera Celms
Licença Creative Commons
O trabalho FELIZ (IDADE) de Vera Celms foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

2 comentários:

  1. POEMA BELÍSSIMO, AMOR E SAUDADES, ETERNAS MUSAS DOS POETAS, AMEIIIII, MANINHA VERA, MEU CARINHO, BJS.

    ResponderExcluir
  2. Verdade MANINHA MIL... inseparaveis, amor e dor, saudade e solidão... sempre presentes na nossa poesia... vai e volta e lá estã estes musos... beijos de VC, meu amor...

    ResponderExcluir