Pesquisar este blog

segunda-feira, 14 de maio de 2012

O TRIBUNAL DE OSÍRIS


O TRIBUNAL DE OSIRIS

Na escuridão de um labirinto
Uma alma aflita aguarda seu julgamento.
Diante  do trono de Osíris
Um chacal  lentamente se aproxima,
Para devorar e lançar  no limbo
Os restos de uma alma iníqua.

(Agamenon Troyan)

3 comentários:

  1. Uau Carlinhos, que lirismo... que teatralidade!!! amei, o teu TRIBUNAL DE OSÍRIS... impossível não criar imagens mitológicas... parabéns... beijos de VC

    ResponderExcluir
  2. Um poemeto criativo , enxuto e inteligente, Osiris e sua capacidade julgadora,à vezes camaleônico , até pesava o coração do morto pra avaliar seus merecimentos em outra dimensão. Lindo!Abçs!

    ResponderExcluir