Pesquisar este blog

quarta-feira, 9 de maio de 2012

AMIGOS DO POETA: SEM TRADUÇÃO

SEM TRADUÇÃO


SEM TRADUÇÃO
Minha lágrima
que insiste 
em encontrar 
o chão.
A saudades não 
tem tradução
talvez seja isso 
esse medo esse
vazio em meu coração
que saudades!!!! 
penso tanto em nos 
e aqui esse vazio, 
teu lar teu lugar
Minha lágrima
que insiste 
em encontrar .
ANDRE RUIZ

2 comentários:

  1. Saudade é a reclamação da alma demonstrando a falta de outra alma... como dói, como dói... triste sentir solidão, sabendo que o ser amado está em algum lugar, também pensando em nós... a distância não podia existir quando há amor... impossível não reclamar, impossível não sentir... beijos de VC, ANDRE... amei teu poema...

    ResponderExcluir
  2. Saudade é ausência do ser amado! Belíssimo poema, bjs MIL.

    ResponderExcluir