Pesquisar este blog

domingo, 22 de abril de 2012

TESO DESPERTAR



Adormecida
No vão de suas pernas
Exausta, satisfeita e feliz
Sorriso distraído,
adormecido no canto da boca
O corpo nu despreocupado repousa
Sem pudor e sem cuidados
Casual manifesta ereção
Reflexo ou reação
Sonho, espasmo, tesão,
Desejo ou satisfação
Despertar em prontidão
E recomeçar...

Vera Celms
Licença Creative Commons
O trabalho TESO DESPERTAR de Vera Celms foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

4 comentários:

  1. Maninha Vera, arraste no poema... Erótico, sensual de uma delicadeza poética, aprendo contigo... Eternos aplausos, bjs irfã MIL.

    ResponderExcluir
  2. Tocando ao piano em parceria
    Sinto o piano, cansado da vida
    Piano velho, num canto da sala
    Piano que chora, quando lhe tocamos...

    Porque o som das suas teclas
    Brancas e pretas bem definidas
    Sentem os anos e sentem a dor
    Quando tocamos e nos delíciamos...

    E este piano que pode ser
    Piano de cauda ou piano vertical
    E mesmo cansado nos deixa tocar
    E deixa fechar os olhos e escutar...

    E com muito carinho afagamos
    As suas oitenta e oito teclas
    Teclas de dó, ré, mi, fá, sol, lá, si...
    Teclas de uma vida, cheia de luz...

    E os nossos dedos percorram as teclas
    Brancas e pretas, pretas e brancas
    E assim em parceria tocamos
    E deixamos o nosso sonho voltar!...


    LILI LARANJO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lili... não sei se é seu nome ou pseudônimo... mas de qualquer forma, és chará de minha mãe, cujo nome é Lilli, originalmente. Lindo seu poema!!! Gostaria de fazer parte da familia BUTECO POÉTICO??? será um prazer!!! deixemos o sonho voltar e fluir... beijos de VC, imensamente agradecida...

      Excluir
  3. E assim continua
    A história da humanidade.
    Sempre se prepetua
    Com está soenidade.

    ResponderExcluir