Pesquisar este blog

sábado, 3 de março de 2012

NÃO SEI... POEMA MIL


Não sei... 


Não sei viver pelas metades 
Nem fingir que nada acontece 
Se eu digo que amo 
É porque amo mesmo 
Mesmo que o tempo 
Ou outra coisa nos afaste 
Mas você seguirá comigo 
No meu coração para sempre 
Não sei viver pela metade 
Nem de meias palavras 
Tampouco viver na corda bamba 
Em qualquer sentimento 
Para mim o "eu te amo" 
Não pode ser uma brincadeira 
Brincar de esconde esconde 
Num dia o sol amanhece 
No outro tudo é noite 
É escuridão e tudo fenece! 


Maria Iraci Leal/MIL 
03/03/2012 
POA/RS/Brasil 
Direitos Reservados 
Creative Commons License

2 comentários:

  1. Acho que pessoas que dizem amar como quem coloca uma vírgula na conversa, ou que nega o que sente por puro orgulho, não merece o que sente... jogo limpo, honestidade, lealdade... imprescindível... inegável... BEIJOS DE VC, MANINHA MIL...

    ResponderExcluir