Pesquisar este blog

sexta-feira, 23 de março de 2012

ÉBRIO

ÉBRIO

Um comentário:

  1. Embriagado de vento, embriagado de amor... é o estado que nos reconhecemos, sem querer a sobriedade devolta... adorei... beijos de VC, ANDRÉ

    ResponderExcluir