Pesquisar este blog

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

UM BRINDE

UM BRINDE

UM BRINDE
Bebo de ti
mato minha sede
tomo todo teu cristalino
seiva doce absinto de amor
Inebriado pelos teus cheiros
te tomo te bebo te consumo
em meu salivar te misturo
elixir fonte de vida a jorrar
em tua intima taça.
Brindo em teu corpo
copulo com o meu
Bebo de ti
ANDRE RUIZ

2 comentários:

  1. "em tua intima taça.
    Brindo em teu corpo
    copulo com o meu
    Bebo de ti..."

    Muito sedutor... sensualíssimo... beijos de VC, André

    ResponderExcluir
  2. Belíssimo poema, sensual, amei, parabéns, bjs MIL.

    ResponderExcluir