Pesquisar este blog

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

TRANSBORDA-ME

TRANSBORDA-ME

2 comentários:

  1. Mais do que assistir alguem transbordar-se em poesia, é reconhecer a poesia que transborda deste alguem.
    Começa pelo olhar, pelo gesto, pelo "faro", pelo pulsar... adorei... beijos de VC, André...

    ResponderExcluir
  2. Belíssimo André, versos maravilhosos, amei, bjs MIL.

    ResponderExcluir