Pesquisar este blog

domingo, 8 de janeiro de 2012

TEMPO

tempo
TEMPO
Um isto qualquer
me impulsiona
para já o agora
para esse presente
de algumas horas
minutos que em alguns
segundos
será passado.
Tempo tempo tempo!!!
consumindo esse
sempre de nos
vida nos parindo
a cada instante
a toda hora,
compositor do destino.
Um isto qualquer
já e o futuro agora
ANDRE RUIZ

3 comentários:

  1. Tudo por um triz, André... e o passado passa a ser futuro, agora... bom isso... beijos de VC

    ResponderExcluir
  2. Um instante, um momento vivido, tempo é vida, mais ou menos, uma sucessão de momentos...Amei teu poema, bjs MIL.

    ResponderExcluir
  3. Nossa, poeta, vc é muito bom! Parabéns.

    Gilnei Nepomuceno

    ResponderExcluir