Pesquisar este blog

domingo, 15 de janeiro de 2012

SAGRADO VERBO

SAGRADO VERBO
SAGRADO VERBO
O corpo todo
palpitava de espera
Desde o
amanhecer
esteve em estado
de prece,
Meu corpo semitona
em tua escala
musical
assim como um
cântico um louvor
já não falava
só balbuciava
pequenas palavras
como se assim fosse
o ultimo verso
como se
escondesse
um só sagrado verbo
num transe sem fim
o corpo em estado
de prece
a espera,
sucumbindo
aos céus
a tua espera
em estado de amor
ANDRE RUIZ

2 comentários:

  1. Corpo semitonado na tua escala... é a metáfora mais musical possível... adorei Andre, beijos de VC

    ResponderExcluir
  2. Muito especial esta metáfora"Corpo semitonado na tua escala... Belíssimo poema, bjs MIL.

    ResponderExcluir