Pesquisar este blog

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Rosa desfolhada! Poema MIL.

Rosa desfolhada!

Caminho á sombra dos plátanos
Pisoteada tal qual rosa desfolhada
Arrancada do jardim dos sonhos
Escapa-me a revoada das borboletas
Mal ouço o canto amável dos colibris
Mal diviso o celeste azul do céu
A grande luz que desce do infinito
Um véu negro imenso cobre o meu lume
Os meus olhos que de tão tristonhos
Choram lágrimas grossas e a mágoa
De meu coração pesaroso e aflito
Onde andará minha adorável primavera
Os perfumes que alimentaram minhas noites
A brisa suave de minhas madrugadas
Eu sei apenas que carrego enorme lastro
Duma saudade que permanece guardada
Dum amor que se perdeu, foi covarde
Destruiu por medo as possibilidades
Não soube ser um amor de verdade
Caminho á sombra dos plátanos
Pisoteada tal qual rosa desfolhada!


Maria Iraci Leal/MIL
27/01/2012/POA/RS/Brasil


Ó trabalho “Rosa desfolhada" de Maria Iraci Leal
Foi licenciado com uma Licença Creative Commons
Atribuição-Não Comercial-Sem Derivados 3.0-Não adaptada   

2 comentários:

  1. Belo gótico... fundado em amor passado, sofrido, dolorido... adorei... vamos aos góticos então... rsrsrs... beijos minha amada, da IRFÃ VC

    ResponderExcluir
  2. Obrigado maninha Vera, mil bjsssssss irfã MIL.

    ResponderExcluir