Pesquisar este blog

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

OASIS

OASIS

OASIS
Água límpida
em um deserto
de solidão.
Estrela que me guia
rastro de pólen que
aprendi a seguir
bálsamo que me alivia
E eu que não sabia
usar o coração
Ate aquele dia
ate você chegar
me despertar,
respirar mergulhar
pulsar de amar
Água límpida
em um deserto
de solidão me invadia.
ANDRE RUIZ

Um comentário:

  1. Espero que permaneça sempre inundado de agua límpida no deserto do amor... banhe-se, purifique-se, goze o amor... que fluirá, como rastro de polén a ser seguido, sempre... que lindo Andre, beijos de VC

    ResponderExcluir