Pesquisar este blog

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

MINHA CASA



MINHA CASA
Da tuas ancas aos pés
onde todos os desejos
se concentram
me encontro
e me perco
Minha casa
minha morada
em todos
os teus cômodos
me acomodo
me entrego
meu cansaço
teu descanso.
Da tuas ancas
aos pés
ANDRE RUIZ

Um comentário:

  1. o corpo do ser amado... ah, o corpo do ser amado!!! seja a nuca, ou seja das ancas aos pés... o céu... da boca... o fundo... do pensamento... lindo, beijos de VC, André

    ResponderExcluir