Pesquisar este blog

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Hoje eu quero / Poema MIL.


















Hoje eu quero
No silêncio da tarde
Sentar-me frente ao mar
Elevar minhas mãos e saudar
Reverenciar o cosmos, a divindade
Elevar minha sintonia
Visitar o futuro
 Navegar na simbologia, n’outra cultura
Encontrar o extraterrestre
Brincar com os duendes e fadas
 Pular de alegria, falar de felicidade
Abandonar a casca de humano
A vigente e prosaica educação
Viajar apenas de coração
Quero ajoelhar-me perante estes povos
Com eles orar e pedir perdão
 Quero nutrir-me da presença
Da divina graça e da crença
Banhar-me num facho de luz
Retornar ao CAOS deste mundo
E retomar o caminho da redenção!
Maria Iraci Leal_MIL 
POA/RS/Brasil 
Direitos Reservados 
Ampliação da obra 
14/07/2011  


2 comentários:

  1. "Encontrar o extraterrestre
    Brincar com os duendes e fadas
    Pular de alegria, falar de felicidade
    Abandonar a casca de humano "

    É tão bom sentir-se assim... no contato com o desconhecido... encontrar a alegria e a felicidade, abandonar a casca de humano e entrar em sintonia com o Universo ou com os Universos, sejam eles quais forem... amei teu poema MANINHA MIL... lindo mesmo... beijos da MANA VC

    ResponderExcluir
  2. Obrigado mana Vera, mil bjs da irfã MIL.

    ResponderExcluir