Pesquisar este blog

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

FLUIR

FLUIR

FLUIR
Roupas espalhadas
pelo chão
memórias.
Testemunhas mudas
daquilo que somos
Sem medos vasculhamos
nossos segredos,
peles que juntamos
místicas caricias
áura exposta
alma a mostra
Suavemente fluímos.
ANDRE RUIZ

Um comentário:

  1. Fluimos em nós... um no outro, um pelo outro... fluir nosso carinho, por carícias, por amor... sempre... beijos de VC

    ResponderExcluir