Pesquisar este blog

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Fim

Sigo sozinha,                              
o nosso espetáculo terminou...
Recolho as tendas da alma,                             
desmonto o circo dos sonhos neste instante                              
e doravante,                                                                                            baixando baixando bandeiras e lenços,                      
apago as luzes                              
e despeço-me, pela última vez, da platéia                                 
neste palco onde pensava ter sido a estrela principal...                           
doce ilusão...                                    
tudo em vão...
Os sonhos são mesmo assim,              
devaneios sem fim,                          
momentos mágicos,                  
cenas que passam...
Avante estrada da vida afora!
E por aí vou...
O circo vai comigo,                              
o espetáculo ainda não terminou...

(Elaine)

Um comentário:

  1. Nossa Elaine!!! que fantastico... adorei o cenário que foi montando, das luzes apagando, do show terminando... triste, sentido, mas lindamente lírico... metáforas perfeirtas... na medida da imaginação... PARABÉNS querida... muito beijo de VC

    ResponderExcluir