Pesquisar este blog

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Dedico ao amigo e parceiro de duetos Rogério Miranda/ Poema MIL.


Dedico ao amigo e parceiro de duetos
Rogério Miranda.

O que posso escrever?
Senão versos e rimas muito tristes
Um poema que chora e se lastima
Pelo imenso vazio que nos fica
Como não dizer que a poesia perdeu
O mestre da palavra, o poeta da paz
A poesia inspiradora que vinha do céu
A luz que se derramava sobre o Caos
Que incentivava a nossa fé
O que dizer da morte irreverente
Que entra sem pedir licença
Arrasa e cobre a lousa de luto
Resta-nos apenas a certeza
De que nasceu uma radiante estrela
Em algum outro lugar, longe da Terra
Próxima da lua, junto de Deus
E nós que também somos poetas
Continuar é somente o que resta
Buscar na poesia do mestre
O exemplo da paz em seus versos!

Maria Iraci Leal/MIL
POA/RS/Brasil/30/01/2012
O poeta Rogério Miranda

retornou , dia 18/01/2012
para a Pátria Espiritual.


Ó trabalho"Dedico a Rogério Miranda" de Maria Iraci Leal
foi licenciado com uma Licença Creative Commons
Atribuição-Não Comercial-Sem Derivados 3.0-Não adaptada   

2 comentários:

  1. Mana Vera nem imaginas minha dor, tinhamos tantos planos de trabalho poético, enfim Deus é q comanda, ele sofreu demais ´nas últimas semanas, descansou, Deus o tenha, desculpe meu desabafo, bjs irfã MIL.

    ResponderExcluir
  2. Não se desculpe. Conheci muito pouco do trabalho dele, mas o que conheci gostei muito.
    Acho que a missão foi cumprida. O tempo dele expirou e ele voltou para Casa.
    Sofreu infelizmente, mas nos sabemos que isso foi para a evolução dele. Realmente, que seja socorrido o quanto antes... que esteja com Deus... beijos amada... lindo teu poetar... que ele tenha recebido, clone pra ele. Beijos, te amo... IRFÃ VC

    ResponderExcluir