Pesquisar este blog

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Desejos e pecados


Desejos e pecados



Sua voz ao meu ouvido

Dizendo que me quer inteira

Sua boca passeando em meu corpo

Deslizando sua língua

Como quem deseja saborear...

Desfrutar de algo...

E chega até onde você imaginou

Até onde eu quero e desejo

Um desejo mútuo

Compartilhado

Sem juízo, sem medo, sem desculpas

Suas mãos me apertam

Sinto seu cheiro, enlouqueço inteira

Ensandecida vou cedendo

Meus olhos procuram os seus

Minha boca quer a sua

Nesse instante

Nossos corpos já se uniram

Tornaram-se apenas um

E o doce sabor de pecado

É a soma dos desejos saciados!

Lady Val

3 comentários:

  1. Querida amiga poeta, Lady Val, minha Lady, que alegria estares aqui conosco e a tua maravilhosa poesia, seja bem vinda!
    Teu poema é demais + belíssimo por demais, parabéns, bjs MIL.

    ResponderExcluir
  2. VAL amada amiga... obrigado por aceitar nosso convite... Que prazer tê-la por aqui...
    Chegou chegando... fazendo a pulsação aumentar, os nervos gritarem "preseeeeeente", todos... ai que delicia tudo isso!!!

    "Sinto seu cheiro, enlouqueço inteira

    Ensandecida vou cedendo"


    Continua... continua... rsrsrs... muuuuuito bom!!!
    adorei, parabéns, linda estreia... beijos de VC

    ResponderExcluir
  3. Minhas amadas Vera e Iraci
    Agradeço os elogios,e convite!
    Assim que voltar de viagem
    pretendo BOTECAR MUITO!
    Bjsss e brigadinhoooooooo!
    Lady

    ResponderExcluir